Arquivo

Posts Tagged ‘APL’

Governo de SP reconhece Marília como primeiro Cluster de Alimentos do Estado

O credenciamento do Arranjo Produtivo Local de Alimentos inclui oficialmente a indústria alimentícia de Marília e região no Programa de Fomento aos APLs Paulista.

Com a oficialização do APL Alimentos de Marília, a cidade se torna a primeira e única a ter o reconhecimento de cluster da indústria de alimentos no estado de São Paulo.

A elaboração do projeto de solicitação do credenciamento do APL foi realizada pelo Centro de Inovação Tecnológica de Marília – CITec-Marília, ambiente de inovação mantido pelo Centro Universitário Eurípides de Marília – UNIVEM, com o apoio do CIESP Alta Paulista, do APL TI Marília e das indústrias de alimentos da região de Marília. O projeto foi enviado para o edital anual de chamamento público objetivando o processo de reconhecimento e recadastramento de Arranjos Produtivos Locais do Governo do Estado.

O Prof. Dr. Elvis Fusco, Pró-reitor de Inovação e Desenvolvimento Institucional do UNIVEM e responsável pelo projeto, explica o conceito de Arranjo Produtivo Local. “Um APL ou cluster empresarial é um conjunto de agentes de natureza diversa, que participam nas tarefas principais de uma aglomeração produtiva, o que inclui empresas produtoras (de um produto/serviço de um setor específico) e fornecedoras, centros de pesquisa, agentes do governo, instituições do terceiro setor, universidades, entre alguns exemplos), que tenham uma governança e evidenciam relações de cooperação e aprendizado constantes em um determinado território. Esses fenômenos ocorrem em um recorte do espaço geográfico constituído pelo agrupamento de agentes de interesses que consolidam uma identidade coletiva e demonstram a capacidade de promover o desenvolvimento local, estabelecendo parcerias e compromissos para manter e especializar os investimentos de cada um dos agentes no arranjo e seu entorno”.

Segundo o Prof. Elvis, a cidade passa a contar agora oficialmente com dois polos vocacionais reconhecidos pelo Governo Estadual e Federal. “Submetemos também o projeto de recredenciamento anual do APL de Tecnologia da Informação de Marília e que também foi aprovado, assim, Marília e região passam a contar com dois clusters oficiais, que fortalecem ainda mais o setor produtivo regional, impulsionando o desenvolvimento econômico, com atração de investimento e geração de emprego e renda”, explica o Prof. Elvis, coordenador do APL TI Marília.

Agora Marília está oficialmente no radar estadual e nacional das políticas públicas de fomento aos clusters, o que possibilita novos investimentos públicos para o setor em toda região por meio do Programa de Fomento aos APLs Paulista do Governo Estadual e do Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais do Ministério da Economia.

Segundo o diretor do CIESP Alta Paulista, Chikao Nishimura, a indústria de alimentos de Marília e região representa um importante vetor de desenvolvimento regional, gerador de riqueza e emprego para o centro-oeste paulista. “A região de Marília mostra a décadas sua vocação incontestável para a produção de alimentos, com a presença de empresas de grande expressão no mercado brasileiro e no exterior. O cluster de alimentos de Marília conta com mais de 350 empresas que geram mais de 22 mil empregos diretos e indiretos. Destaca-se também a exportação para os cinco continentes que representa um faturamento acima de 240 milhões de reais anualmente, representando 78% das exportações do município”, destaca Chikao Nishimura.

Para o Reitor do Univem, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares, o reconhecimento formal do APL de Alimentos de Marília destaca ainda mais o protagonismo do município no país. “Somando-se ao APL de Tecnologia da Informação que temos desde 2016, com o credenciamento do cluster de alimentos junto ao Governo Estadual e Federal, Marília solidifica seu ecossistema de inovação e empreendedorismo e acelera o processo de credenciamento definitivo do Parque Tecnológico, consolidando suas principais áreas de vocação”, celebra o Reitor.

Entre os benefícios que um APL traz para as empresas, está o financiamento de projetos estratégicos. Outra vantagem é incentivar a troca de informações entre as próprias empresas, com as entidades de classe, governos e instituições de ensino e pesquisa.

Categorias:Inovação Tags:

Polo de TI de Marília se destaca em projeto do Mercosul no Uruguai

Representantes do Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação de Marília (APL TI Marília) participaram nesta semana em Montevidéu, no Uruguai, de Projeto de Integração Produtiva do Mercosul com empresários da Argentina, Uruguai e Paraguai.

O cluster de TI de Marília foi escolhido pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços juntamente com o APL de São José dos Campos para representar o país no projeto que tem como objetivo a geração de ações de integração produtiva entre empresas de tecnologia dos países do Mercosul e é promovido pelo Governo Espanhol.

Além do coordenador do APL TI Marília, Elvis Fusco, a delegação de Marília foi formada por Giulianna Marega Marques e Leandro Kitamura, das empresas associadas da Asserti, eProdutiva de Marília e eSapiens de Bauru respectivamente.

IMG_20180612_163626.jpg

Delegação do APL TI Marília e representante do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços

O APL TI Marília tem a Asserti – Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação, como entidade de governança, tendo sua sede no campus do Centro Universitário Eurípides de Marília – Univem, e segundo Elvis Fusco, presidente da entidade, a escolha do cluster de TI de Marília demonstra o protagonismo que a região de Marília tem demonstrado no cenário nacional no segmento de Tecnologia da Informação. “O setor de TI já é um dos principais pilares econômicos da região de Marília e o trabalho de associativismo que resulta em ações de cooperação e integração entre as empresas do setor fez com que nosso APL fosse escolhido para representar o país neste importante projeto de internacionalização das empresas do segmento.”

Elvis explica que o evento, além de possibilitar a visibilidade das empresas do APL nos países do Mercosul, garantiu o início de processos de parcerias com clusters de outros países. “Pudemos realizar visita técnica no Parque Tecnológico do Uruguai onde iniciamos tratativas de parceria com os ambientes de inovação de Marília e estabelecemos acordos de cooperação com o cluster de TI de Tucumán na Argentina.”, destaca o coordenador da Asserti.

fotoparque

Presidente da Asserti, Elvis Fusco, em reunião com diretores do Parque Tecnológico de Montevidéu

O evento também permitiu que o cluster de Marília pudesse apresentar para os coordenadores do evento, iniciativa de criação da Rede de Clusters de Tecnologia da Informação do Mercosul. “Fizemos a proposta deste projeto, que tem como objetivo criar uma rede de clusters que apoie e articule, por meio de ações técnicas, políticas institucionais e gerenciais, integração e colaboração entre os clusters dos países do Mercosul, neste sentido, tivemos o apoio de empresários da Argentina e do Uruguai que a partir de agora nos ajudarão de forma colaborativa elaborar o projeto para os coordenadores do Mercosul.”, explica Elvis Fusco.

fotorede

Representantes dos clusters de Marília, Argentina e Uruguai

O APL TI Marília foi reconhecido pelo governo estadual e federal em setembro de 2016 e fez com a cidade fosse a única a possuir o reconhecimento de arranjo produtivo local em todo centro-oeste paulista, estando entre as 3 cidades do estado a ter esse reconhecimento. Ele consiste na reunião dos atores do setor de Tecnologia da Informação tendo a cooperação como maior característica, reconhecido como a nova força econômica do município e lidera em parceria com a Prefeitura de Marília e o Univem, o projeto do Parque Tecnológico que a cidade deve receber em breve.

Asserti participa de Projeto Mercosul apoiado pelo Governo da Espanha

O APL TI Marília (Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação de Marília), cluster produtivo da área de TI que tem sua governança exercida pela Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação), está entre os APLs selecionados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços para participar de Projeto do Mercosul apoiado pelo Governo da Espanha.

O Mercosul, organização internacional constituída pelo Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai tendo como associados o Chile e a Bolívia, visa com este projeto  acelerar o processo de integração produtiva, identificando e promovendo as possibilidades de complementaridade das economias dos países do bloco.

O Presidente Executivo da Asserti e coordenador do APL TI Marília, Prof. Dr. Elvis Fusco, esclarece que “foram selecionadas 8 empresas do segmento de TI para participar do projeto representando o Brasil, dessas, além do APL TI Marília, duas empresas associadas à Asserti foram selecionadas para integrar o projeto”, resaltando que “é fundamental a adoção de políticas de internacionalização para as empresas do segmento, o programa criado pelo Mercosul fortalecerá efetivamente o empreendedorismo entre os países do bloco dinamizando as forças propulsoras locais do desenvolvimento das empresas participantes”.

Nesta sexta-feira (11) a Asserti, representada pelo seu presidente e pesquisadores dos países ligados ao Mercosul participaram de vídeo conferência em São Paulo, que a partir de agora iniciam o treinamento online com as 12 empresas participantes da iniciativa, sendo 8 na área de TI e 4 em calçados.

O presidente da Asserti, órgão de governança do APL TI Marília, explicou que “no treinamento que se iniciará, os participantes aprenderão conceitos de interação empresarial e o que preveem os acordos e as leis que regem o Mercosul. As empresas saberão como oferecer serviços nos países membros e poderão firmar parcerias. Nos dias 11, 12 e 13 de junho teremos um encontro em Montevidéu no Uruguai onde as empresas participantes poderão se articular, interagir e gerar negócios. Este encontro de negócios facilitará a exportação de tecnologia e serviços das empresas associadas à Asserti”.

A cidade de Marília está entre as 3 cidades do estado a terem o reconhecimento do Governo Estadual e Federal de um APL no segmento de Tecnologia da Informação. O APL TI Marília foi reconhecido pelo Governo do Estado de São Paulo em 2016 e consiste na reunião dos atores do setor de Tecnologia da Informação, que é conhecida como a nova força econômica do município. O Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação de Marília, representado pela Asserti, em parceria com o Univem e a Prefeitura de Marília, tem trabalhado para que a cidade brevemente tenha seu Parque Tecnológico, consolidando ainda mais a vocação da cidade para as áreas da tecnologia, empreendedorismo e inovação.

Modelo de Sustentabilidade do Ecossistema de Inovação de Marília

Ecosistema Brasileño de Innovación: Estudio de caso del Sistema Paulista de Innovación

WORKSHOP SOFTEX – Linhas de Financiamento, Ações e Programas para o setor de TI

banner-softex.png

Com intuito de fomentar o setor de TI de Marília e região, a Asserti em parceria com a Softex promove o Workshop “Linhas de Financiamento, Ações e Programas para o setor de TI”.

O evento será dividido em dois períodos, sendo que, no primeiro os profissionais da Softex apresentarão os programas e benefícios oferecidos às empresas, bem como destacarão as fontes de fomento e financiamento disponíveis para Inovação Tecnológica. E no segundo período os profissionais atenderão as empresas, de forma individualizada, para compartilhar conhecimentos, além de levantar questões e soluções para viabilizar a obtenção de fomentos e participação em editais.

INFORMAÇÕES GERAIS:

Data: 03 de outubro de 2017

Local: sede da Asserti (Av. Hygino Muzzi Filho, n. 525, sala 111, Marília/SP)

PROGRAMAÇÃO:

9h00 – Abertura

9h10 – Apresentação das ações e programas e os benefícios para as empresas e sociedade local/regional
– Rede Softex : relacionamento e benefícios da Rede
– Programa Setorial : Programa de Capacitação para empresas voltado para Internacionalização e comercialização no exterior
– Programa Brasil + Ti : Capacitação de mão de obra e banco de vagas totalmente gratuito . Maior portal da América Latina
– Programa Ti de Impacto : Desenvolvimento da estratégia da Inovação
– Programa Startup Brasil : Desenvolvimento do empreendedorismo – Prêmio de 2o. lugar em gestão pública do ENAP, e programas de Startup Regional, Temático e Startup Indústria;
– Projeto IN CITY – empreendedorismo para desenvolvimento de ações para cidades inteligentes (parceria com Agente Softex de Campinas);
– Programa MPSBr – Desenvolvimento da Qualidade do software e seus benefícios
10h30 – Coffee Break

11h00 – Apresentação das fontes de financiamento e fomento para Inovação Tecnológica

– Startups
– PME – Pequenas e Médias empresas
– FINEM-TI
– Editais recentes

12h30 – Intervalo

14h00 – Atendimento  individualizado às empresas para esclarecer dúvidas, questionamentos, propor caminhos e soluções para obtenção dos fomentos.

Os agendamentos para atendimento individual podem ser feitos na secretaria da Asserti localizada no campus do Univem , sala 111, por e-mail assertimarilia@gmail.com ou pelo telefone (14) 2105-0800 ramal: 354.

O evento é gratuito.

Asserti comemora 5 anos com conquistas para a região de Marília

Fortalecer o setor de Tecnologia da Informação e torná-lo uma das áreas de vocação da região de Marília. Foram com esses objetivos que, em 11 de setembro de 2012, foi instituída a Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação – Asserti, entidade criada por um grupo de empresários, que apoiados por entidades como o Centro Universitário Eurípides de Marília – Univem, a Associação Comercial e Industrial de Marília – Acim, o Sebrae e o Ciesp, já trabalhavam os conceitos do associativismo desde 2008, como um núcleo setorial de software da Facesp.

Nesta segunda-feira, 11 de setembro, a entidade completa 5 anos de fomento às áreas de Tecnologia da Informação, inovação e empreendedorismo na região de Marília.

Sediada no Centro de Inovação Tecnológica de Marília no campus do Univem, a Asserti instituída em 2012 por 30 empresas, atualmente congrega mais de 90 empresas, de mais de 20 cidades do interior de São Paulo.

Sempre em parceria e apoiada pelo poder público, uma grande conquista da entidade aconteceu em 2015, por meio de um trabalho conjunto também com a Prefeitura Municipal, a Asserti conseguiu reduzir de 5 para 2% a alíquota de ISS (Imposto Sobre Serviços) para as empresas de TI instaladas na cidade.

Em 2016, a Asserti elaborou projeto que reconheceu o Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação – APL TI Marília, que posicionou Marília entre as 3 cidades do estado a ter esse reconhecimento do Governo de São Paulo e tem a Asserti como entidade gestora.

apl

Asserti é a entidade gestora do Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação de Marília

Além do APL TI Marília, a criação e credenciamento do Centro de Inovação Tecnológica de Marília – CITec-Marília e do Centro Incubador de Empresas de Marília – Ciem ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação do Governo de São Paulo em 2015, são grandes conquistas para Marília e região protagonizadas pela Asserti.

Outra grande conquista que conta com forte presença e empenho da Asserti, como principal entidade do setor produtivo apoiadora e executora do projeto, é o credenciamento do Parque Tecnológico de Marília, que deve ocorrer nos próximos dias. O projeto de solicitação de credenciamento provisório do Parque Tecnológico de Marília foi entregue no último dia 28/08 na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de SP.

Com o intuito de fortalecer as ações da entidade para as empresas do interior, em 2015, a Asserti se tornou uma representação regional do Seprosp (Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de São Paulo) que aumentou a aproximação do sindicato patronal com as empresas de TI da região e fortaleceu as ações para as empresas com o apoio do sindicato, como eventos, treinamentos e capacitações para os colaboradores das empresas de TI e, também, a assessoria para as empresas em diversas questões jurídicas, trabalhistas e outros assuntos relativos a categoria.

Com a ampliação de sua atuação, em 2016 os associados da Asserti aprovaram a criação de Representações Regionais que permite a criação de diretorias regionais que realizem ações que vão ao encontro das necessidades das empresas associadas nas diversas cidades em que a Asserti atua. Neste contexto, em 2017, foi instituída a Representação Regional da Asserti na cidade de Bauru com mais de 20 empresas.

Brevemente, com o intuito de apoiar jovens empreendedores a tornar boas ideias na área de TI em startups, a Asserti em parceria com o Univem e com o apoio do Seprosp, da Prefeitura de Marília e do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, irá inaugurar no Centro de Inovação Tecnológica de Marília, o InnovaSpace, espaço de coworking e de inovação que somados ao CITec-Marília e ao Ciem, posicionam a cidade de Marília como protagonista em ambientes de apoio ao empreendedorismo, tecnologia e inovação no interior de São Paulo.

O presidente da Asserti, Dr. Elvis Fusco, comemora a data e as ações da entidade. “Em 5 anos muitas foram as conquistas da Asserti para a região de Marília, isso é fruto da cooperação das empresas de TI de Marília e região que representam uma indústria promissora e de alta capacitação profissional, geradora de produtos e serviços de alto valor agregado, condizente com as demandas sociais e econômicas do país e da colaboração com entidades fortes, tanto públicas quanto privadas, que permitiram que em tão pouco tempo a área de Tecnologia da Informação, com a ajuda da Asserti, se tornasse um dos principais vetores de desenvolvimento e emprego na nossa região.”, explica o presidente da entidade.

Informações:
Sede da Asserti: Rua Hygino Muzzi Filho nº 529, Sala 104 – Marília/SP
Telefone: (14) 2105-0800 | Ramal 354
Site: http://www.asserti.org.brhttp://www.apltimarilia.org.br

X Semana de Tecnologia da Informação começa nesta segunda

SemanaTI.jpg

Começa nesta segunda, 11 de setembro, a X Semana de Tecnologia da Informação, evento promovido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem em parceria com o COMPSI (Computing and Information Systems Research Lab), a ASSERTI (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e o CITec-Marília (Centro de Inovação Tecnológica de Marília).

Maior evento da área de Tecnologia da Informação (TI) da região, atrai profissionais, empreendedores e alunos que buscam atualização tecnológica por meio de seminários, palestras e minicursos e networking por meio das diversas atividades de fomento ao empreendedorismo, inovação e e tecnologia.

Inovação tecnológica, empreendedorismo em TI, smart cities, startups, vale do silício, data lake, cloud computing, deep learning, mobile apps, tecnologias de front-end, games, machine learning são alguns dos temas das palestras e minicursos que serão tratados neste ano na Semana de Tecnologia da Informação.

fotosemanati.jpg

Na abertura da Semana de TI, no dia 11 de setembro às 19h30, acontece o 3º Seminário de Inovação “Inova Marília”, fórum de discussão sobre o tema trazendo a palestra “Incentivando o empreendedorismo na Universidade” com Roberto Ferrari, diretor executivo da Agência de Inovação da UFSCar e palestra “Cenário da Inovação no Brasil”
com Roberto Nicolsky, diretor presidente da Sociedade Brasileira Pró-inovação Tecnológica.

Na véspera de receber o credenciamento provisório do Parque Tecnológico, Marília e região vivem um momento especial em relação à área de Tecnologia da Informação e Inovação e o Univem consolida-se cada vez mais como entidade protagonista na no processo de posicionar a cidade como polo de tecnologia e inovação. Neste contexto, a Semana de TI traz novamente para Marília, o Movimento pela Inovação, evento que acontece nos dias 12 e 13, promovido pela Desenvolve SP, que tem como objetivo oferecer linhas de fomento e orientação especializada para empresas e pesquisadores que desejam investir em inovação ou colocar em prática um projeto inovador.

Durante o evento apresenta o Recruting Semanati 2017, espaço destinado a empresas exporem seus produtos e serviços e realizar o recrutamento de alunos e profissionais.

Grandes empresas de TI como a Boa Vista Serviços, Telecontrol, Tray, Locaweb,  CIAG (Jacto), Totvs, Interfocus, Dsin, Bredas, Onclick, Life,  Totvs, TK Ingressos estarão presentes no evento com apoio e stands no espaço Recruiting, além da Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) que neste dia 11 de setembro completa 5 anos, consolidada como a maior entidade representativa da área de Tecnologia da Informação do interior de São Paulo.

A 10ª edição do evento traz algumas novidades para os aficionados por games que poderão participar da 1ª Jornada de Games Univem que contará com o Game Class, treinamento para aprender a jogar, o Games Dev, cursos de desenvolvimento de games e o Torneio Univem de League of Legends.

Segundo o Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem e do Centro de Inovação Tecnológica de Marília, a Semana de TI em Marília é um evento esperado pela comunidade da região. “Conseguimos congregar neste evento, profissionais, empreendedores e estudantes da área de TI de instituições de toda a região e a cada ano trazemos novidades que enriquecem cada vez o evento. Neste ano, além do ciclo de palestras e minicursos, do Recruting Semanati, da Maratona Regional de Programação e da Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio, teremos o Movimento pela Inovação da Desenvolve SP para empreendedores e pesquisadores em busca de recursos para projetos de inovação e a Jornada de Games que tem atraído futuros talentos para essa área que cresce cada vez no mercado de TI”, conclui o coordenador do evento.

O evento vai até o dia 16 de setembro e é aberto ao público em geral. Para conferir a programação completa e realizar a inscrição no evento, acesse www.univem.edu.br/semanati2017.

Prefeitura e Univem apresentam projeto de credenciamento do Parque Tecnológico de Marília

O prefeito Daniel Alonso e representantes do Centro Universitário Eurípides de Marília – Univem e do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação – Comcitiestiveram presentes nesta segunda-feira, dia 28, em São Paulo, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de SP, com o objetivo de protocolar o projeto de solicitação de credenciamento provisório do Parque Tecnológico de Marília.

Além do prefeito de Marília, estiveram presentes, o secretário municipal de desenvolvimento, Cássio Luis Pinto, o reitor do Univem, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares, o coordenador do Centro de Inovação Tecnológica de Marília – CITec-Marília e presidente da Asserti, Prof. Dr. Elvis Fusco, o coordenador de pesquisa e extensão do Univem, Prof. Dr. Fábio DacêncioPereira e o presidente do ComcitiChikao Nishimura, que também é diretor regional do Ciesp.

A comitiva de Marília foi recebida pelo subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcelo Strama e pela gerente do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos, Margareth Leal.

IMG_0140

Requerimento de Credenciamento do Parque Tecnológico Protocolado no Governo de SP

Segundo Margareth, para obter o credenciamento provisório de um parque tecnológico, a cidade deve atender vários requisitos como: ter um centro de inovação tecnológica e uma incubadora de base tecnológica credenciados ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação; documento de manifestação de apoio pelas principais entidades, empresas e instituições de ensino; projeto de caracterização e detalhamento do Parque; projeto arquitetônico e urbanístico do empreendimento; estudo de viabilidade econômico-financeira; estudo de viabilidade técnico-científica; estudo de sustentabilidade ambiental e documento comprovando área de no mínimo 200 mil m2 destinada à implantação do Parque.

Os projetos e estudos de credenciamento do Parque Tecnológico de Marília foram elaborados pelo Univem, sob coordenação dos professores Elvis Fusco e Fábio Dacêncio com a cooperação das principais entidades da região representadas no Comciticomo o CiespAcimAsserti, Fiesp, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, SebraeUnesp, Fatec, Etec e de empresas das áreas de vocação que prioritariamente serão beneficiadas pela implantação do empreendimento.

O reitor Univem destaca que a instituição viabilizou a maioria dos requisitos por ser a entidade gestora do CITec-Marília e Ciem e ter investido na elaboração de todos os estudos e projetos que compõem o documento apresentado ao Governo do Estado.  “O apoio e investimento na geração de empreendimentos de base tecnológica e na inovação começou no Univem no ano 2000 com a criação do Centro Incubador de Empresas que hoje é um dos requisitos para esse credenciamento. Atualmente os ambientes de inovação, a Asserti e o Arranjo Produtivo Local APL TI Marília tem suas sedes no Univem e recebem todo o apoio institucional para que a cidade receba essa importante conquista.”, completou o reitor.

O prefeito de Marília destaca que a governo municipal por meio de todas as secretarias, principalmente do Desenvolvimento Econômico, tem empenhado todos os esforços para cooperar no credenciamento do Parque. “A gestão municipal atual mantém políticas públicas de incentivo ao crescimento econômico e social utilizandocomo estratégia, o apoio ao desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação no município, tais incentivos foram pontuados na recente lei de incentivo à inovação, aprovada em julho. Além da lei, a doação do terreno são algumas das ações que o poder público municipal tem realizado em relação a esse projeto e demonstra a visão de futuro do atual governo em investir no empreendedorismo e na inovação como catalizadores do desenvolvimento econômico e da geração de empregos do futuro da nossa cidade.”, destacou o prefeito.

O subsecretário, Marcelo Stramacomentou que os ambientes de inovação de Marília mantidos pelo Univem (CITec-Marília e Ciem) são atualmente referência para o Governo de São Paulo e indicados como modelo de gestão e apoio ao empreendedorismo e inovação para cidades que desejam implantar esses ambientes.“A cidade de Marília atende a todos os requisitos para o credenciamento provisório do Parque Tecnológico pois apresenta um Sistema Local de Inovação que demonstra a articulação do poder público municipal, estadual e federal com instituições de ensino e pesquisa no apoio à inovação nas empresas locais e regionais tendo seus atuais ambientes de inovação como potencializadores desse processo”, destacou Strama

O Prof. Dr. Elvis Fusco explica que um Parque Tecnológico é um empreendimento de desenvolvimento econômico e tecnológico que visa fomentar economias baseadas no conhecimento por meio da integração de pesquisa científica, empresas e organizações governamentais. “O Parque Tecnológico de Marília foi idealizado com o caráter regional tendo como prioridade de apoio, as áreas de vocação das cidades de Marília, Pompeia e Garça: alimentos, metalmecânica, Tecnologia da Informação, agronegócios, saúde e eletroeletrônicos. A visão é que o Parque de Marília venha prover ao setor produtivo, os serviços, a infraestrutura e o capital humano adequados à realização de atividades inovadorase estimule a implantação e atração de empresas de base tecnológica para a região.”, concluiu Fusco.

A expectativa dos responsáveis pelo projeto é que o credenciamento provisório consequente inclusão do Parque Tecnológico de Marília ao Sistema Paulista de Parques Tecnológicos seja realizado ainda este ano. Essa inclusão permite à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação a realização de análise inicial das condições da proposta básica apresentada, com o objetivo de auxiliar a cidade na implantação do Parque, constatada a viabilidade, será concedido o seu credenciamento definitivo.

Asserti promove Curso de Registro de Marcas

CAPACITAÇÃO EM REGISTRO DE MARCA - 02.jpg