Univem promove evento internacional de software livre

No dia 08 de abril, o Univem sediará pela sexta vez o FLISOL – Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre, evento internacional realizado simultaneamente em mais de 20 países desde 2005. O objetivo principal é promover a cultura do uso do Software Livre, mostrando ao público em geral a filosofia e a difusão de tecnologias de informação.

O evento é aberto a toda comunidade de Tecnologia da Informação da região e tem como atrações: palestras, minicursos e distribuição de softwares livres. O Flisol em Marília é realizado pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem por meio do COMPSI – Computing and Information Systems Resource Lab.

O Flisol é organizado pelos professores e alunos do Univem e é dirigido e aberto a todo tipo de público: estudantes, acadêmicos, empresários, profissionais, entusiastas e qualquer pessoa que tenha interesse, independente de seu conhecimento de Tecnologia da Informação..

No FLISOL, realizado desde 2011 em Marília, você terá a oportunidade de instalar software livre, que é uma alternativa real e segura para outros modelos de software no seu computador, participar de palestra e minicursos, esclarecer suas dúvidas e conhecer algumas das diversas soluções que o Software Livre apresenta para empresas, escolas, governo e até para uso pessoal. Vale lembrar que o evento é totalmente gratuito e livre e as palestras e minicursos serão certificados.

O evento será aberto com a palestra “A revolução da cultura maker e Internet das Coisas”, ministrada pelo profissional do Google, Neto Marin, que abordará a cultura do software livre, o movimento maker no contexto da Internet das Coisas. No período tarde acontecerão minicursos sobre Desenvolvimento WEB com Python e Django, OpenMP, Framework para Software Web, Controle de Versão usando Git, GNU/Linux, Ruby, Arduino e WEKA.

De acordo com o professor e coordenador do evento, Dr. Leonardo Botega, o principal objetivo do festival é apresentar alternativas quanto aos produtos oferecidos no mercado de softwares e propagar o quer chama de “filosofia do software livre”. “O intuito é ampliar a formação do aluno a apresentar novas possibilidades para empresas e profissionais da área com a cultura do software livre”, destacou.

O festival acontece em 60 cidades-sede simultaneamente no decorrer de todo o dia. “Trata-se de uma oportunidade de network. Enquanto o evento acontece aqui em Marília, trocamos informações com outros países e nos informamos do que está acontecendo por lá. Assim, conseguimos alinhar os objetivos do evento como um todo”, explicou Botega.

O coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, Prof. Dr. Elvis Fusco, destaca Marília como forte referência na área de Tecnologia da Informação. “As instituições de ensino têm uma responsabilidade muito grande neste contexto de Marília ser reconhecida como polo regional de TI e o Univem exerce seu papel trazendo para a região eventos de expressividade nacional com apoio do CNPq, da Sociedade Brasileira de Computação e das empresas de TI da região por meio da ASSERTI (Associação das Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação)”, explica Fusco.

Mais informações e inscrições devem ser feitas pelo site www.univem.edu.br/compsi/flisol.

flisol2017.jpg

Insira uma legenda

Categorias:Eventos Tags:

Vaga para Programador PHP Pleno

Tray vagas - Desenvolvimento.jpg

Associação de Araçatuba faz benchmarking com a Asserti

A busca por modelos de sucesso e boas práticas na área do associativismo em TI foi o tema de encontro entre representantes do CTRA (Centro Tecnológico da Região de Araçatuba) e a Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação). A visita aconteceu dia 10 de março na sede da Asserti, localizada no Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília), ambiente de inovação mantido pelo Centro Universitário Eurípides de Marília (Univem).

IMG_8754.JPG

Edson Carvalho (CTRA), Ana Paula de Assis Borges (CTRA), José Valtair da Silva (CTRA) e Elvis Fusco (Asserti)

Participaram da visita Edson Carvalho, presidente do CTRA, José Valtair da Silva, vice-presidente do CTRA e Ana Paula de Assis Borges, secretária executiva da entidade. Na Asserti, os visitantes foram recepcionados pelo presidente da entidade, Elvis Fusco e pela secretária executiva, Mariana Camilo Lapa.

O fato da Asserti tem parcerias importantes com entidades representativas como o Univem, o CITec-Marília, o Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo, despertou o interesse dos representantes do CTRA em conhecer o modelo de atuação da Asserti. “Recentemente, a Asserti conseguiu o reconhecimento do Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação para a cidade de Marília, colocando a cidade entre as 5 principais cidades na área de TI do Estado de São Paulo, esse tipo de resultado das ações realizadas pela Asserti tem feito várias cidades do interior de São Paulo (Bauru, Ourinhos, Jaú, Bauru e agora Araçatuba) nos procurar para conhecer nosso modelo de gestão e atuação.”, comentou Elvis Fusco.

Durante a reunião o presidente da Asserti contou aos visitantes sobre parcerias estratégicas, ações para as empresas de TI, projetos com o poder municipal, estadual e federal e até ações sociais da entidade.

O presidente do CTRA se mostrou otimista após a reunião: “A técnica de trocar informações e estudar práticas de sucesso é importante para aperfeiçoarmos os projetos de nossa entidade e fortalecermos ainda mais o associativismo regional em TI. Todas as informações que tivemos acesso nessa reunião nos ajudarão a ampliarmos as ações do CTRA, pois a Asserti mostra-se como uma associação madura e que tem se destacado como entidade representativa no interior de São Paulo.”, concluiu Edson Carvalho.

Categorias:Empreendedorismo Tags:

Vaga para Analista de Redes

Analista de Redes N2

Programa Nacional Conexão Startup Indústria

É com prazer que anunciamos e incentivamos a participação de todos no Programa Nacional Conexão Startup Indústria, lançado, quinta-feira (16/03), pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Com o objetivo de promover o ambiente de negócios entre startups e indústrias, atuando com foco em ações de integração digital das diferentes etapas da cadeia de valor dos produtos industriais, o programa oferecerá acesso real ao mercado para as startups, negociação para a venda do piloto para a indústria, e ainda a oportunidade de aporte financeiro de até R$ 700 mil. 

Serão selecionadas 100 startups, 10 indústrias e 20 instituições de apoio ao desenvolvimento de negócios. As incubadoras e aceleradoras associados à Anprotec se caracterizam como “instituições de apoio ao desenvolvimento de negócios”.

 Podem participar da seleção, startups incubadas e graduadas que tenham competência e interesse em desenvolver soluções para a indústria, com mais de um ano de existência e menos de sete. Os interessados têm até o dia 12 de abril para se inscreverem.

ETAPAS

Após a seleção, os participantes farão um matchmaking onde serão formados 10 grupos de trabalho. As indústrias escolherão até quatro startups cada, de acordo com suas demandas, e as instituições de apoio de negócios indicarão as startups que têm interesse de se conectar.

Já a terceira etapa, consistirá em uma prova de conceito em que 40 startups receberão até R$ 200 mil cada. E, posteriormente, as startups apresentarão suas soluções para as indústrias participantes do programa, que escolherão 10 startups que receberão até R$500 mil para o desenvolvimento conjunto de um projeto piloto.

Por fim, a experiência da conexão será compilada e compartilhada com a indústria nacional.

Clique AQUI e acesse o edital.

Clique AQUI e faça sua inscrição.

Ex-aluna de Computação do Univem assume cargo no Ministério da Saúde

A ex-aluna do curso de Bacharelado em Ciência da Computação do Univem e atualmente professora do Instituto de Informática da Universidade Federal de Goiás (UFG), Juliana Souza-Zinader, foi empossada, nesta segunda-feira (13/3), como coordenadora-geral de monitoramento e avaliação do Departamento de Monitoramento e Avaliação do SUS (DEMAS), da Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde. A nomeação foi um convite do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, em reconhecimento a formação e contribuição da profissional na área de Informática em Saúde alinhada ao projeto prioritário de informatização dessa gestão, em especial as estratégias de e-saúde.

A indicação se deu após o XV Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, realizado pela Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS) e promovido pela Universidade, em novembro do ano passado, do qual a docente foi presidente. O evento teve como tema “A informática transformando a saúde” e, além do ministro, a abertura oficial teve a participação do reitor da UFG, professor Orlando Afonso Valle do Amaral, entre outras autoridades representativas do governo, sociedade e academia.

Juliana tem doutorado em Bioengenharia, no qual desenvolveu a sua tese e um pós-doutoramento no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto/SP. Ela acredita que os seis anos vivenciando a prática clínica foram fundamentais para a sua formação e desdobramentos na área. Na UFG, é membro da Comissão de Governança da Informação em Saúde e atua também como diretora de educação da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde.

Juliana Zinader

Juliana Zinader é professora do INF

Representantes da cidade de Jaú visitam o CITec-Marília e CIEM

Representantes da Prefeitura de Jaú e da Fatec de Jaú estiveram nesta terça (08/03) visitando as instalações do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) e do Centro Incubador de Empresas de Marília (CIEM) localizados no campus do Centro Universitário Eurípides de Marília (Univem).

Na comitiva estavam presentes o Secretário de Desenvolvimento e Trabalho de Jaú, Carlos Alexandre Ramos e os professores da Fatec de Jaú, José Augusto Christianini e Roberto Augusto dos Santos. Eles foram recebidos pelo Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador do CITec-Marília/CIEM e pelo Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, gestor do CITec-Marília/CIEM.

jau.JPG

Prof. José Augusto (Fatec-Jaú), Carlos Alexandre (Secretário Municipal de Jaú), Prof.Dr. Elvis Fusco (CITec-Marília) e Prof. Roberto Augusto (Fatec-Jaú)

O objetivo da visita foi de conhecer toda infraestrutura, serviços e governança dos ambientes de inovação de Marília (CITec-Marília e CIEM). Segundo Carlos Alexandre, esses ambientes de inovação de Marília são referência no estado de São Paulo. “Em recente consulta à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo para obter informações sobre o processo de criação de uma incubadora de empresas na cidade de Jaú, o modelo de governança de Marília foi indicado como padrão a ser adotado por outras cidades que desejam implantar esses ambientes”, destacou o secretário municipal.

Durante a visita, os visitantes puderam conhecer a estrutura de pré-incubação, incubação e pós-incubação do CIEM e o local que receberá o Espaço de Coworking a ser inaugurado brevemente. Além desses espaços, eles visitaram a sede da Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e os serviços oferecidos pelo APL TI Marília que tem a Asserti como entidade gestora.

O Prof. José Augusto elogiou a integração entre os ambientes de inovação e empreendedorismo e as empresas de TI. “O associativismo em TI que encontramos em Marília servirá de inspiração para provocarmos os empresários da região de Jaú a se unirem para fortalecer o mercado em nossa região”, explicou o professor da Fatec.

O Prof. Dr. Elvis Fusco apresentou aos representantes de Jaú, o histórico do CIEM, do CITec-Marília e os serviços de apoio ao empreendedorismo e à inovação gerados nestes ambientes. “Já recebemos visita de representantes de outras cidades como Bauru, Ourinhos, Assis, que nos procuram por encontrar em Marília um modelo de sucesso na geração de emprego e sustentabilidade com o investimento nos ambientes de tecnologia, inovação e empreendedorismo”, finalizou o coordenador.

Mais informações sobre os ambientes de inovação de Marília podem ser obtidas pelo site www.inovamarilia.org.br.

Categorias:Empreendedorismo