Início > Empreendedorismo > Marília reduz ISS para as empresas de Tecnologia da Informação

Marília reduz ISS para as empresas de Tecnologia da Informação

Dia 16 de dezembro de 2015, o prefeito Vinicius Camarinha sancionou a lei de alteração do código tributário municipal de Marília, a qual obteve aprovação unânime pelos 13 Vereadores na Câmara Municipal. A lei entrará em vigor em 2016 e beneficiará todas as empresas do ramo da Tecnologia da Informação do município com a redução do ISSQN (imposto sobre serviço de qualquer natureza) de 5% para 2%.

IMG_7113

“Estamos na contramão do governo federal, que cria impostos, aqui nós os reduzimos, para incentivar nossas indústrias, não existe nada pior que o desemprego, que segura o crescimento de uma cidade e traz problemas para as famílias. A redução da carga tributária, prevista nesta lei que fora sancionada, vai estimular ainda mais a geração de empregos e de renda no nosso município, evitar a evasão fiscal e facilitar a instalação de novas empresas na cidade, além de colaborar para a criação do Parque Tecnológico”, comentou o prefeito Vinicius Camarinha.

A lei sancionada pelo chefe do Executivo foi aprovada por unanimidade na sessão ordinária de segunda-feira pelos vereadores. Entre as medidas adotadas para desburocratizar o Código Tributário do Município, o pacote vai permitir a redução da alíquota do ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) de 5% para 2% para os serviços de TI (Tecnologia da Informação) e também na área de transportes.

Representantes de diversas empresas de Tecnologia da Informação prestigiaram o ato do prefeito Vinicius e o presidente da Asserti (Associação das Empresas em Serviços da Tecnologia da Informação), Elvis Fusco elogiou a medida. “Essa era uma demanda da ASSERTI desde a sua criação e a aprovação deste benefício fiscal irá colocar a cidade de Marília no circuito dos municípios brasileiros com grandes atrativos para crescimento no setor de TI. Tenho certeza que irá atrair empresas que buscam esse modelo de gestão de Marília, que possui mão de obra qualificada, afinal, contamos com universidades voltadas para esse segmento. É um setor que, apesar da grave crise econômica, está em franca expansão no país”, disse Fusco, que ainda completou que hoje, Marília é uma referência na área tecnológica, com aproximadamente 100 empresas e 2.000 empregados.

IMG_7247

As novas alíquotas de ISSQN já foram aprovadas pela Câmara Municipal, na última segunda-feira, e entram em vigor no dia 1º de janeiro de 2016. “É um passo para um futuro promissor. Marília está promovendo um investimento para atrair empresas de um ninho fundamental e de grande rentabilidade. Ressalto também que em breve nossa cidade poderá contar com um Parque Tecnológico. Vimos aqui representantes dos mais variados setores e a soma de esforços ajudam na realização desses investimentos”, concluiu o presidente da Câmara Municipal, Herval Rosa Seabra.

A sanção da lei foi elogiada pelo diretor regional do Ciesp e industriário, Chikao Nishimura que destacou o comprometimento do prefeito Vinicius em preparar a cidade para o futuro. “Hoje é um dia para marcar a história de Marília, para o futuro da cidade, a área de TI é uma grande alavanca de crescimento de países de primeiro mundo. Acompanhamos aqui a união de segmentos para a construção do parque de conhecimento, com certeza Marília vai ser reconhecida no mundo inteiro. Internet é futuro e conexão com o mundo e o prefeito está de parabéns”.

“É um dos passos mais acertados desta administração, a lei vai beneficiar não só as empresas de TI, mas também algumas ligadas ao transporte e construção civil. O prefeito Vinicius, mesmo diante de toda a dificuldade econômica, teve a sensibilidade de elaborar essa lei e colocá-la em prática beneficiando toda a população”, disse o reitor do Univem, Luiz Carlos Macedo Soares.

 

Pacote viabiliza a criação do Parque Tecnológico

O secretário municipal de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Cássio Luiz Pinto Júnior, ressalta que a redução dos impostos é mais um importante passo para viabilizar a instalação do Parque Tecnológico em Marília. “Esta nova alíquota é um dos critérios para se conseguir o credenciamento provisório do Parque Tecnológico. A sua instalação fará com que Marília, num raio de aproximadamente 200 km, seja um grande centro de desenvolvimento de TI, consolidando a cidade com uma visão administrativa moderna e inovadora. A prefeitura está de parabéns pela criação deste incentivo fiscal”, afirmou Cássio Pinto Júnior.

O secretário municipal de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, lembrou ainda que existem muitos pontos favoráveis para a instalação do Parque Tecnológico em Marília. “Afinal, a cidade já conta uma incubadora, laboratório e o terreno já está disponível. Sem contar, o grande apoio das instituições de ensino para a sua efetivação”, disse.

Fonte: http://www.diariodemarilia.com.br/noticia/143428/sancionada-lei-que-reduz-impostos-fortalece-empresas-e-gera-empregos

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: