Resultados da pesquisa

Keyword: ‘fies’

Informações sobre o FIES no Univem – Perguntas e respostas

1)O que é o FIES ?
O FIES é um financiamento estudantil que possibilita aos universitários financiar seus estudos.

2)Por quanto tempo?
O financiamento inicial é para o curso todo. Mas você pode também optar por fazer o financiamento por um período menor (1 ou 2 anos, por exemplo), ou seja, você pode encurtar o período do financiamento.

3)Todo aluno pode pleitear o FIES?
Sim. Todo aluno matriculado no Univem pode solicitar o FIES Esta regra vale para os já alunos, ou seja, para alunos que estão matriculados e para novos alunos.
Para os alunos já matriculados , veja o exemplo: o aluno estão no 3º ano de curso e deseja financiar os dois restantes. Ele pode fazer isto sem problemas, basta preencher o formulário e entrar com os papeis no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal.

4) Como é o sistema para conseguir o financiamento?
Para novos alunos, assim que for aprovado no vestibular e fizer a sua matrícula, poderá preencher o formulário do FIES (via internet) e aguardar a aprovação.
Importante: o FIES é coordenado pelo MEC e os financiamentos são feitos via Banco do Brasil ou Caixa Federal. A abertura do processo para novas inscrições é determinada pelo MEC, assim sendo, para alunos que vão solicitar o financiamento a partir do 2013, as inscrições para se candidatar ao FIES serão feitas em 2013. Geralmente as inscrições abrem a partir do dia 2 de janeiro

5) Quanto tempo leva para saber se o financiamento foi aprovado?
Assim que você preencher o formulário (site do FIES), o próximo passo é juntar a documentação exigida. Isto feito, comparece no Univem, procure pelo Sr. Valdir, no departamento do FIES para entregar a documentação e retirar a autorização para dar entrada no banco.

6) E preciso ter conta no banco para entrar com o pedido do financiamento?
A resposta é Não. Seu relacionamento com o banco começa a partir da data da aprovação do contrato, não é preciso fazer depósitos ou pagamento de taxas de qualquer natureza.Importante: a cada trimestre o aluno deverá pagar o valor de
R$ 50,00, referente a taxa de amortização de juros. NADA MAIS.

7) Qual a vantagem de fazer o FIES?
A taxa de juros é baixa (3,4% ao ano) e você não precisa se preocupar com o pagamento das  mensalidades porque o repasse é feito direto pelo banco ao Univem, durante o prazo de vigência do contrato.

8) E quando é que vou pagar o valor financiado?
Depois de formado você ainda tem 18 meses carência para começar a pagar as primeiras parcelas.  Este tempo de carência é para você conquistar um bom emprego, ou quem sabe até instalar o seu próprio empreendimento e passar a contar com uma renda mensal. As parcelas são baixas e cabem no seu orçamento.

9) É preciso ter um fiador para aprovação do financiamento?
Sim, o fiador é exigido, mas tem uma vantagem: a renda mensal do fiador do seu contrato precisa ser igual a duas vezes o valor da mensalidade do seu curso e não precisa dar imóveis ou outros bens em garantia.
E mais outra vantagem: você pode ter até 3 fiadores para o seu contrato caso a renda de um fiador não consiga chegar ao valor igual ou superior a duas vezes o valor da mensalidade.
No dia de entregar os papeis no banco o fiador deve acompanhar o solicitante, isto agiliza o processo.

10) Tem alguma mais alguma condição especial?
Sim. Tanto o solicitante do FIES, como também o seu fiador, não podem ter o nome inscrito em qualquer cadastro de inadimplência ou dívidas negativadas junto aos órgão de proteção ao crédito.

11) A Fundação Eurípides-Univem pode me ajudar a pleitear o FIES?
Sim, nós temos um departamento específico para ajudar nossos alunos e futuros alunos a conhecerem melhor este excelente sistema de financiamento estudantil.  O Sr. Valdir é o responsável pelo setor e atende diariamente aos interessados.
Agende um horário: pelo e-mail valdir@univem.edu.br ou pelo telefone 2105 0800, ramal 861.

12) Qual a página oficial do FIES ?
Acesse http://sisfiesportal.mec.gov.br/faq.html e conheça mais sobre o FIES.

Anúncios
Categorias:Uncategorized Tags:

Prefeitura e Univem apresentam projeto de credenciamento do Parque Tecnológico de Marília

O prefeito Daniel Alonso e representantes do Centro Universitário Eurípides de Marília – Univem e do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação – Comcitiestiveram presentes nesta segunda-feira, dia 28, em São Paulo, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de SP, com o objetivo de protocolar o projeto de solicitação de credenciamento provisório do Parque Tecnológico de Marília.

Além do prefeito de Marília, estiveram presentes, o secretário municipal de desenvolvimento, Cássio Luis Pinto, o reitor do Univem, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares, o coordenador do Centro de Inovação Tecnológica de Marília – CITec-Marília e presidente da Asserti, Prof. Dr. Elvis Fusco, o coordenador de pesquisa e extensão do Univem, Prof. Dr. Fábio DacêncioPereira e o presidente do ComcitiChikao Nishimura, que também é diretor regional do Ciesp.

A comitiva de Marília foi recebida pelo subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcelo Strama e pela gerente do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos, Margareth Leal.

IMG_0140

Requerimento de Credenciamento do Parque Tecnológico Protocolado no Governo de SP

Segundo Margareth, para obter o credenciamento provisório de um parque tecnológico, a cidade deve atender vários requisitos como: ter um centro de inovação tecnológica e uma incubadora de base tecnológica credenciados ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação; documento de manifestação de apoio pelas principais entidades, empresas e instituições de ensino; projeto de caracterização e detalhamento do Parque; projeto arquitetônico e urbanístico do empreendimento; estudo de viabilidade econômico-financeira; estudo de viabilidade técnico-científica; estudo de sustentabilidade ambiental e documento comprovando área de no mínimo 200 mil m2 destinada à implantação do Parque.

Os projetos e estudos de credenciamento do Parque Tecnológico de Marília foram elaborados pelo Univem, sob coordenação dos professores Elvis Fusco e Fábio Dacêncio com a cooperação das principais entidades da região representadas no Comciticomo o CiespAcimAsserti, Fiesp, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, SebraeUnesp, Fatec, Etec e de empresas das áreas de vocação que prioritariamente serão beneficiadas pela implantação do empreendimento.

O reitor Univem destaca que a instituição viabilizou a maioria dos requisitos por ser a entidade gestora do CITec-Marília e Ciem e ter investido na elaboração de todos os estudos e projetos que compõem o documento apresentado ao Governo do Estado.  “O apoio e investimento na geração de empreendimentos de base tecnológica e na inovação começou no Univem no ano 2000 com a criação do Centro Incubador de Empresas que hoje é um dos requisitos para esse credenciamento. Atualmente os ambientes de inovação, a Asserti e o Arranjo Produtivo Local APL TI Marília tem suas sedes no Univem e recebem todo o apoio institucional para que a cidade receba essa importante conquista.”, completou o reitor.

O prefeito de Marília destaca que a governo municipal por meio de todas as secretarias, principalmente do Desenvolvimento Econômico, tem empenhado todos os esforços para cooperar no credenciamento do Parque. “A gestão municipal atual mantém políticas públicas de incentivo ao crescimento econômico e social utilizandocomo estratégia, o apoio ao desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação no município, tais incentivos foram pontuados na recente lei de incentivo à inovação, aprovada em julho. Além da lei, a doação do terreno são algumas das ações que o poder público municipal tem realizado em relação a esse projeto e demonstra a visão de futuro do atual governo em investir no empreendedorismo e na inovação como catalizadores do desenvolvimento econômico e da geração de empregos do futuro da nossa cidade.”, destacou o prefeito.

O subsecretário, Marcelo Stramacomentou que os ambientes de inovação de Marília mantidos pelo Univem (CITec-Marília e Ciem) são atualmente referência para o Governo de São Paulo e indicados como modelo de gestão e apoio ao empreendedorismo e inovação para cidades que desejam implantar esses ambientes.“A cidade de Marília atende a todos os requisitos para o credenciamento provisório do Parque Tecnológico pois apresenta um Sistema Local de Inovação que demonstra a articulação do poder público municipal, estadual e federal com instituições de ensino e pesquisa no apoio à inovação nas empresas locais e regionais tendo seus atuais ambientes de inovação como potencializadores desse processo”, destacou Strama

O Prof. Dr. Elvis Fusco explica que um Parque Tecnológico é um empreendimento de desenvolvimento econômico e tecnológico que visa fomentar economias baseadas no conhecimento por meio da integração de pesquisa científica, empresas e organizações governamentais. “O Parque Tecnológico de Marília foi idealizado com o caráter regional tendo como prioridade de apoio, as áreas de vocação das cidades de Marília, Pompeia e Garça: alimentos, metalmecânica, Tecnologia da Informação, agronegócios, saúde e eletroeletrônicos. A visão é que o Parque de Marília venha prover ao setor produtivo, os serviços, a infraestrutura e o capital humano adequados à realização de atividades inovadorase estimule a implantação e atração de empresas de base tecnológica para a região.”, concluiu Fusco.

A expectativa dos responsáveis pelo projeto é que o credenciamento provisório consequente inclusão do Parque Tecnológico de Marília ao Sistema Paulista de Parques Tecnológicos seja realizado ainda este ano. Essa inclusão permite à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação a realização de análise inicial das condições da proposta básica apresentada, com o objetivo de auxiliar a cidade na implantação do Parque, constatada a viabilidade, será concedido o seu credenciamento definitivo.

Simpósio Internacional de Inteligência Competitiva e Gestão do Conhecimento em Empresas

Simpósio Internacional de Inteligência Competitiva e Gestão do Conhecimento em Empresas

Simpósio Internacional de Inteligência Competitiva e Gestão do Conhecimento em Empresas 

IntEmpres’2015 – XI Edição

14 a 16 de setembro de 2015 

Quality Hotel & Convention Center Marília

Marília – São Paulo – Brasil

Realização: Universidade Estadual Paulista (Unesp) (Brasil) e Instituto de Informação Científica y Tecnológica (IDICT) / Consultoría BioMundi (Cuba)

Apoio: ACIM / Prefeitura de Marília / SEBRAE/SP / ASSERTI / SCIP / Marília e Região Convention & Visitors Bureau

Apresentação

O IntEmpres promove o compartilhamento de informações, discussões e reflexões acerca do papel da informação, do conhecimento e da inteligência organizacional em nossa sociedade com enfoque nos ambientes organizacionais. O evento reúne profissionais de organizações públicas, privadas, terceiro setor e da academia. Desde a sua concepção as edições do IntEmpres vêm sendo realizadas em Havana, Cuba, e têm contado com a participação de pesquisadores e profissionais de vários países da América Latina, Europa e América do Norte. Com o intuito de reafirmar o caráter internacional do IntEmpres, o evento será realizado no Brasil no ano de 2015.

Histórico

O IntEmpres é realizado pelo Instituto de Informação Científica y Tecnológica (IDICT) e Consultoría BioMundi, ambos vinculados ao Ministério de Ciência, Tecnología e Medio Ambiente de Cuba, com apoio de organizações internacionais como a UNESCO e organizações empresariais da área de informação. Nas edições anteriores foram debatidos temas como: “Informação: integração, transformação” (2014); “A construção da sociedade do conhecimento e seu impacto no desenvolvimento socioeconômico” (2102); “Sociedade do Conhecimento: novos espaços para sua construção” (2008); “Informação, conhecimento e sociedade: desafios de uma nova era” (2002); “Informação, conhecimento, globalização” (1997), entre outros.

Importância do Evento para Marília

Receber o IntEmpres na Universidade Estadual Paulista (Unesp), Câmpus de Marília é essencial para reafirmar uma das metas da Instituição, qual seja, a internacionalização da pesquisa científica desenvolvida em seu âmbito. O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI), mais especificamente a Linha de Pesquisa ‘Gestão, Mediação e Uso da Informação’, está alinhada à esta demanda institucional, cujo intuito é manter o conceito 6 obtido na última avaliação trienal realizada pela CAPES.

O tema do evento “Inteligência Organizacional e Gestão do Conhecimento como Insumo para a Inovação” é atual e essencial para organizações que necessitam criar diferenciais competitivos, visando inovar e competir no mercado internacionalizado.

O palestrante Ubaldo Agustín Socarrás Ferrer, Diretor de Ciência e Tecnologia da Oficina ZED Mariel de Cuba, vai falar sobre a “Zona Especial de Desenvolvimento Mariel: vigilância tecnológica”, temática essencial para empresários que querem exportar para o Caribe e Ásia, uma vez que o Puerto Mariel será determinante para que isso seja possível.

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações (APEX) e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) têm participado de rodadas de negócios com importadores cubanos, com o objetivo de explorar o potencial de Mariel, inclusive como plataforma de exportação para outros países.

Nessa perspectiva, a Cidade de Marília, por meio da Unesp e dos apoiadores do IntEmpres’2015, se antecipa e promove um evento que congrega especialistas cubanos e de outros países, num momento em que todo o mundo volta a atenção para as novas possibilidades de relações científicas e comerciais com este País e outros da região do Caribe.

Público alvo

  • Acadêmicos (professores, pesquisadores e estudantes);
  • Empresários, empreendedores e executivos;
  • Gestores das áreas privada, pública e terceiro setor;
  • Consultores;
  • Público em geral interessado em Inteligência Competitiva, Gestão do Conhecimento, Gestão da Informação; Pesquisa & Desenvolvimento, Inovação, Empreendedorismo e áreas correlatas.

URL: http://gicio.marilia.unesp.br/index.php/IntEmpres2015/IntEmpres2015

Datas Importantes:

– Data limite para a recepção de trabalhos (Oral): 30 de julho de 2015

– Distribuição dos trabalhos ao Comitê Científico: até 01 de agosto de 2015

– Data limite para a devolução das avaliações: 10 de agosto de 2015

– Comunicação aos autores: 11 de agosto de 2015

OBS.: Cada autor poderá enviar no máximo 2 (dois) trabalhos para avaliação.

INSCRIÇÕES

Inscrição Individual

Até 31/05/2015 Até 30/06/2015 Até 15/08/2015 Após 15/08/2015
R$ 560,00

(30% de desconto)

R$ 640,00

(20% de desconto)

R$ 720,00

(10% de desconto)

R$ 800,00

Inscrição Institucional

Até 31/05/2015 Até 30/06/2015 Até 15/08/2015 Após 15/08/2015
R$ 1.540,00

(30% de desconto)

R$ 1.760,00

(20% de desconto)

R$ 1.980,00

(10% de desconto)

R$ 2.200,00

URL: http://gicio.marilia.unesp.br/index.php/IntEmpres2015/IntEmpres2015

Inscrições para o 14º Conic-Semesp terminam nesta sexta-feira

As inscrições para o 14º Conic-Semesp terminam no dia 29 de agosto, sexta-feira. Não percam esta oportunidade de participar do maior congresso de iniciação científica do Brasil.

São aceitos trabalhos de qualquer tema e área do conhecimento inscritos por estudantes regularmente matriculados em 2014 em cursos de graduação de instituições de ensino superior públicas ou privadas.

O regulamento completo do 14º Conic-Semesp pode ser acessado neste link. Além dos prêmios para os melhores trabalhos das cinco áreas do conhecimento, nas categorias Concluído e Em Andamento, e o Prêmio Especial para o melhor trabalho Concluído, o Congresso contará novamente com o Prêmio de Incentivo à Preservação Ambiental. Algumas mudanças importantes aconteceram em itens no Regulamento do 14º Conic-Semesp:

  • As subáreas Computação e Informática e Meteorologia a partir de agora fazem parte da grande área Ciências Exatas e da Terra. Até 2013 faziam parte de Engenharias e Tecnologias.
  • A grande área Engenharias e Tecnologias agora se chama Engenharias e Arquitetura, contando com as subáreas Arquitetura e Urbanismo, Engenharias e áreas correlatas.

Lembramos também que, desde o ano passado, a denominação “COAUTOR” não é mais utilizada. Todos os alunos são considerados AUTORES e um aluno Autor (e apenas um) é o responsável pela inscrição do trabalho no sistema e pela inserção dos dados de todos os alunos Autores, do(s) Professor(es)-Orientador(es) e Colaborador(es). Além disso, novamente, para solicitar a isenção de taxa de inscrição do congresso, todos os autores cadastrados deverão comprovar a participação no ProUni ou Fies através de documentação específica, conforme o item 5.5 do regulamento. Se a opção de isenção por ProUni/Fies for marcada na hora da inscrição, o trabalho ficará pendente até todos os documentos serem enviados. Fique atento! Não deixe para a última hora. Leia o regulamento e providencie desde já os dados e documentos necessários para a inscrição.

Inscreva-se no site – http://www.conic-semesp.org.br.

Para dúvidas ou mais informações entre em contato conosco pelo e-mail conic@semesp.org.br ou telefone (11) 2069-4416.

Informações: • Datas de Realização: 28 e 29 de novembro de 2014. • Local: UNICID – Universidade Cidade de S. Paulo • Endereço: Rua Cesário Galeno, 475 – Tatuapé – São Paulo – SP.

Regulamento e Inscrições pelo site www.conic-semesp.org.br.

Categorias:Pesquisa

Vestibular Agendado 2014 do Univem acontece no dia 15 de dezembro

Vestibular Univem 2014

Univem e ASSERTI firmam convênio de desconto

Um convênio firmado entre o Univem e a ASSERTI – Associação das Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação – garante bons descontos para os profissionais que atuam no setor de TI nas empresas da ASSERTI e pode ser a oportunidade que eles estavam esperando para fazer ou concluir o curso superior ou a pós-graduação numa instituição de qualidade comprovada pelo mercado.

Essa iniciativa vai ao encontro do momento atual da área de TI que exige a constante atualização profissional e também pelo apagão de mão de obra do setor. Segundo a consultoria IDC, existe atualmente no Brasil um déficit de cerca de 39,9 mil profissionais de tecnologia e, até 2015, esse número deve crescer para 117 mil vagas. Provedora global de inteligência de mercado, a IDC presta serviços de consultoria e realiza eventos para indústrias de tecnologia da informação e telecomunicações. De acordo com a empresa, essa carência de recursos humanos se deve especialmente a três fatores: rápida expansão das empresas de infraestrutura e tecnologia do país; adoção acelerada de serviços de TI pela iniciativa privada e pelo setor público; e a ocorrência da Copa do Mundo em 2014 e das Olimpíadas em 2016.

De forma geral, os especialistas entrevistados concordam que, atualmente, é difícil ficar desempregado na área de TI. Mas a questão é que não é apenas a garantia de uma vaga no mercado de trabalho que está em jogo aqui. Por isso, a escolha por uma universidade de qualidade, capaz de oferecer uma formação sólida, pode assegurar boas perspectivas futuras em termos de carreira e salário.

Outra pesquisa recentemente divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que a carreira de nível superior que mais gerou postos de trabalho no Brasil entre 2009 e 2012 foi a de analista de TI. De cada cem postos de trabalho gerados nesse período no país, 16 correspondiam à carreira de analista de TI. A carência por profissionais qualificados para o setor de tecnologia deve persistir pelos próximos anos e sobram vagas para aqueles que escolhem cursos da área de Computação.

Na região de Marília, o setor de TI é bem diversificado, existindo mais de 100 empresas do setor. Na ASSERTI, há mais de 40 empresas associadas. Em parceria com o Univem, a nova sede da ASSERTI fica localizada no prédio do CIEM (Centro Incubador de Empresas de Marília).

O presidente da ASSERTI e coordenador dos cursos de Ciência da ComputaçãoSistemas de Informação do Univem, Prof. Dr. Elvis Fusco, ressaltou a importância do convênio e da instalação da sede da ASSERTI nas dependências do Univem “Para as empresas da ASSERTI é estratégico estar localizada dentro do campus universitário do Univem, já que dependemos totalmente da mão de obra gerada pelas instituições de ensino, essa proximidade possibilita um maior alinhamento entre as demandas das empresas e oferecimento dos talentos formados nos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação da instituição e o convênio mostra o esforço da instituição em fortalecer a formação da mão de obra de nossas empresas”.

O convênio com a ASSERTI prevê descontos que começam pelo percentual de 10% e pode ir subindo, chegando até 20%, o que sem dúvida alguma é uma importante vantagem para ingressar no ensino superior ou de pós-graduação.

Outra dica importante é que além dos descontos o curso pode ser financiado integralmente pelo FIES, agora SEM A EXIGÊNCIA DO FIADOR.

Para mais informações de como obter os descontos entre em contato com a ASSERTI pelo telefone (14) 2105-0800 Ramal: 354 ou pelo e-mail assertimarilia@gmail.com.

13ª edição do Conic-Semesp

O regulamento da 13ª edição do Conic-Semesp já está disponível. As inscrições de trabalhos poderão ser realizadas de 22 de julho até 30 de agosto.

São aceitos trabalhos de qualquer tema e área do conhecimento inscritos por estudantes regularmente matriculados em 2013 (1º ou 2º semestres) em cursos de graduação de instituições de ensino superior públicas ou privadas.

Acesse aqui o regulamento do 13º Conic-Semesp.

O tema do Congresso deste ano é a “Cooperação pela Água”, em concordância com o tema escolhido para o Ano Internacional da Unesco em 2013.

“A principal tarefa que a comunidade internacional enfrenta hoje, no campo dos recursos hídricos, é a transformação de obrigações assumidas em ações concretas que devem ser implementadas para benefício das pessoas, dos ecossistemas e da biosfera de maneira geral.

Criar oportunidades de cooperação na gestão da água entre todas as partes interessadas, bem como aprimorar a compreensão sobre os desafios e os benefícios da cooperação pela água, são ações que podem ajudar na construção de respeito, entendimento e confiança mútuos entre os países, e também na promoção da paz, da segurança e do crescimento econômico sustentável” (www.unesco.org).

Além dos prêmios para os melhores trabalhos das cinco áreas do conhecimento, nas categorias Concluído e Em Andamento, e o Prêmio Especial para o melhor trabalho Concluído, o Congresso contará novamente com o Prêmio de Incentivo à Preservação Ambiental.

Algumas mudanças importantes aconteceram em itens no Regulamento do 13º Conic-Semesp. A partir deste ano, a denominação “COAUTOR” não existirá. Todos os alunos serão considerados AUTORES e um aluno Autor (e apenas um) será o responsável pela inscrição do trabalho no sistema e pela inserção dos dados de todos os alunos Autores, do(s) Professor(es)-Orientador(es) e Colaborador(es).

Outra alteração que destacamos se refere à documentação necessária para a inscrição dos autores. O documento oficial do Conic-Semesp deverá ser emitido individualmente para cada Autor, carimbado e assinado pela instituição de ensino superior. Além disso, para solicitar a isenção de taxa de inscrição, todos os autores cadastrados deverão comprovar a participação no ProUni ou Fies através de documentação específica, conforme o item 5.5 do regulamento.

Não deixe para a última hora. Leia o regulamento e providencie desde já os dados e documentos necessários para a inscrição.

Para dúvidas ou mais informações entre em contato conosco pelo e-mail conic@semesp.org.br ou telefone (11) 2069-4416.

Informações:
• Datas de Realização: 29 e 30 de novembro de 2013.
• Local: Faculdade Anhanguera de Campinas – Unidade 3
• Endereço: Rua Luiz Otávio, 1.313 – Taquaral – Campinas – SP
• Regulamento e Inscrições pelo site www.conic-semesp.org.br

Categorias:Pesquisa

ProUni vai oferecer 144 mil bolsas; inscrição começa na 5ª-feira

O Programa Universidade para Todos (ProUni) vai oferecer 144.639 bolsas de estudo em sua primeira edição deste ano, das quais 99.223 são integrais e 45.416 parciais (de 50% da mensalidade). As inscrições para o programa começam na quinta-feira, 17, e vão até a próxima segunda-feira, 21, pela internet.

Os candidatos já podem checar as vagas abertas pelas instituições particulares de ensino superior no endereço http://siteprouni.mec.gov.br.

A divulgação da primeira lista de pré-selecionados será feita no dia 24 deste mês e a segunda, em 8 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das etapas poderá aderir a uma lista de espera nos dias 24 e 25 de fevereiro.

Concorrer à bolsa do ProUni pode ser uma alternativa para quem não conseguiu uma vaga no Sisu, sistema que concentra a oferta de vagas em instituições públicas de educação superior. No entanto, caso o candidato seja selecionado nos dois programas, deverá optar pela bolsa do ProUni ou pela vaga no Sisu. Isso porque é proibido usar uma bolsa do programa e estar simultaneamente matriculado em universidade pública.

Para participar, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em estabelecimento particular na condição de bolsista. Também é pré-requisito ter feito o Enem de 2012 e atingido pelo menos 450 pontos na média aritmética das cinco provas, além de não ter zerado a redação. Até o ano passado, a exigência mínima era alcançar 400 pontos.

Para concorrer à bolsa integral, é preciso comprovar renda bruta familiar por pessoa de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

O estudante deve informar o número de inscrição e a senha usados no Enem de 2012 para se candidatar a uma vaga no ProUni. Ele escolhe, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno entre as bolsas disponíveis, de acordo com seu perfil.

Após a divulgação dos resultados, os candidatos pré-selecionados terão um prazo para comparecer à instituição de ensino com os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição.

Quem concorre à bolsa parcial poderá custear os outros 50% da mensalidade com crédito do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), sem a necessidade de apresentação de fiador. Para isso, é necessário que a instituição para a qual foi selecionado tenha firmado termo de adesão ao Fies e ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc).

Veja as informações sobre as bolsas ProUni para os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem: https://elvisfusco.com.br/2012/12/07/univem-oferece-bolsas-prouni-para-os-cursos-de-ciencia-da-computacao-e-sistemas-de-informacao-2/

Vestibular Agendado 2013 Univem acontece no dia 15 de janeiro de 2013